O que todo mundo deveria saber sobre a síndrome de Burnout

Síndrome de Burnout

Hoje vamos falar sobre a Síndrome de Burnout ou como é mais conhecida a Síndrome do Esgotamento Profissional.

Aliás, você já ouviu falar desta Síndrome? Sabe o que é? Quais os sintomas que ela causa?

Então continue lendo, pois vou lhe explicar exatamente o que ela é...

A Síndrome de Burnout é um distúrbio emocional que está diretamente ligada ao Trabalho, muitas pessoas acabam sendo acometidas por esta síndrome e por falta de conhecimento não sabe o quão ela pode ser prejudicial a saúde.

Burnout é um termo inglês, traduzindo “Burn” quer dizer queima e “out” exterior, assim a síndrome está relacionada ao que é externo, mais precisamente o ambiente de trabalho.

A Síndrome do Esgotamento Profissional é comum em profissionais que tem um excesso de trabalho, que lidam diariamente com a pressão e responsabilidades, que atuam com objetivos e metas difíceis de serem alcançadas e que acaba exigindo uma descarga de energia muito intensa, em suma são profissionais que estão sob constante provas e cobranças.

Provavelmente em algum momento você já ouviu alguém de seu ambiente de trabalho se queixar sobre as situações citadas, isto é mais comum do que possamos imaginar, e muitas vezes passa despercebido, ou então não damos a importância que merece. Muitas vezes pensamos que é normal viver sob pressão, ou até nos acostumamos, mas a questão é até que ponto isso é normal e quais consequências isto traz a nossa saúde, seja ela mental ou orgânica?

E quais são os sintomas da Síndrome de Burnout?

Os sintomas deste distúrbio são: nervosismo, estresse, exaustão e cansaço, tonturas, esgotamento físico e psicológico, fadiga, dor de cabeça frequente, alterações no apetite, insônia, dificuldades de concentração, sentimentos de fracasso, negatividade, isolamento, falta de vontade para sair de casa ou até de levantar da cama, indisposição para fazer atividades corriqueiras. Quando muito acentuados pode indicar a predisposição de outras patologias, como depressão.

Geralmente os sintomas aparecem de forma leve, mas podem se acentuar se não for tratado adequadamente.

Como é feito o diagnóstico de Burnout?

O diagnóstico desta síndrome deve ser realizado por profissionais habilitados podendo ser Psiquiatras e Psicólogos, sendo os mais indicados para identificar o distúrbio e a prescrever o tratamento.

Qual é o tratamento para a Síndrome?

Considerando que é um distúrbio emocional, o tratamento deve ser realizado com Psicoterapia. Em alguns casos faz-se necessário a utilização de medicamentos (antidepressivos e/ou ansiolíticos), já o tempo do tratamento irá depender de cada pessoa.

Também é necessário realizar mudanças nas condições de trabalho e estilo de vida, alguns hábitos devem ser avaliados e ressignificados. A atividade física também contribui favoravelmente no tratamento.

Vale ressaltar que se um desses itens forem realizados de forma individual não haverá resultado favorável, visto que um complementa o outro e auxilia na melhora da síndrome, e que também não devem ser feitos sem o acompanhamento de profissionais qualificados.

Então ao perceber qualquer sintoma, procure ajuda especializada, cuide da sua saúde pois ela vale muito!

 

Angélica Monteiro

CRP 08/29427