Jovens, adolescentes e a saúde mental

O que faz com que os jovens e adolescentes sofram tanto com a chamada depressão, ansiedade e outras doenças relacionadas a mente?  
 
Segundo dados da OPAS/OMS, podemos observar que é importante tratar da saúde mental já na adolescência, onde na maioria das vezes, ela é descoberta. 
 
Se tratada desde o início, os riscos de uma vida adulta com transtornos mentais pode ser evitada. 
 
A adolescência é um período crucial para o desenvolvimento e manutenção de hábitos sociais e emocionais importantes para o bem-estar mental. Múltiplos fatores determinam a saúde mental de um adolescente. Quanto mais expostos aos fatores de risco, maior o potencial impacto na saúde mental de adolescentes. 
 
Entre os fatores que contribuem para o estresse durante esse momento da vida, estão o desejo de uma maior autonomia, pressão para se conformar com pares, exploração da identidade sexual e maior acesso e uso de tecnologias.
 
O que pode influenciar numa vida mental saudável é: a adoção de padrões de sono saudáveis; exercícios regulares; desenvolvimento de enfrentamento, resolução de problemas e habilidades interpessoais; aprender a administrar emoções.
 
Ambientes de apoio na família, na escola e na comunidade em geral também são importantes. Intervenções para promover a saúde mental dos adolescentes visam fortalecer os fatores de proteção e melhorar as alternativas aos comportamentos de risco.
 
A promoção da saúde mental e do bem-estar ajuda esse grupo a construir resiliência para que possam lidar bem com situações difíceis ou adversidades. 
 
Vale ressaltar que esses dados são importantes e com a ajuda de um profissional ou de projetos que atendem esses casos, os números levantados podem diminuir e elevar ainda mais a saúde mental nessa fase da vida.